Jarro

A disponibilidade não abunda e por vezes se não tomar nota ou se não publicar no mesmo dia, há contributos que passam despercebidos…
Foi o caso do António Carlos Almeida do Funchal que por duas vezes me enviou uma foto de um jarro e que eu, por duas vezes não publiquei. E não fosse uma limpeza aos emails mais antigos, ainda não era desta.
Devo-lhe por isso um pedido de desculpas que aqui deixo público. Um abraço.

image1

Anúncios

1 Response to “Jarro”


  1. 1 António Almeida Junho 27, 2016 às 10:17 pm

    Obrigado pela publicação e sucesso para o blog. Um abraço.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




O meu tributo

Esta é uma homenagem a uma fábrica que foi um ícone da faiança nacional, infelizmente já encerrada. A qualidade dos trabalhos produzidos e dos artistas da sua história, para além do impacte socio-económico que produziu na Vestiaria (Alcobaça), justifica este tributo. Deixo o convite a todos os que possuam peças para que as fotografem e enviem para “joao.santos.mail@gmail.com”. Será também uma honra contar com as memórias de funcionários e colaboradores que ajudaram a construir a Vestal. João Santos

Categorias


%d bloggers like this: